quinta-feira, 7 de maio de 2009


Eu ainda acredito.


Em fadas, em criaturas estranhas, em pessoas invisíveis em volta de mim. Em animais falantes, em tudo que pessoas normais acham que não é real. Em sonhos, mesmo aqueles que não podem se realizar. Em coisas belas, e na beleza que não pede algo em troca. Na beleza da arte, porque a arte pode dizer tudo sem ter que se desculpar com ninguém. Na esperança, no destino. Ainda acredito que se algo deve acontecer, acontecerá, em alguma ocasião. Acredito em momentos felizes, mesmo que pareçam raros. Em imortalidade, que qualquer um pode ser imortal.


Eu ainda acredito em tudo, porque acreditar é a fonte da minha força.

4 comentários:

Je disse...

Se a gente não crer em nada, a vida não tem graça.

É ou não é?

Beijos lindinha :*

words4u.truth4me disse...

"Acredito em momentos felizes, mesmo que pareçam raros"
e como são raros, mas nao paro de buscar-los e crer neles *--------------*

jaqueliny euzébio. disse...

Eu também acredito em pessoas invisiveis!

\o/

Viu, não é tão anormal assim. :D

- um anjo ateu disse...

Acreditar é alimentar esperanças dum mundo melhor, de uma vida melhor, de pessoas melhores. Mas o mais importante, acreditar é querer viver cada segundo com todas as forças, com tudo o que está ao nosso favor, com todas as nossas possibilidades.